notícias noticias
notícia

Theatro São Pedro faz adesão ao movimento Eles Por Elas da ONU

31/03/2022 - 18h03min

O Theatro São Pedro agora faz parte do movimento mundial Ele Por Elas, da ONU Mulheres, pelo fim da violência contra as mulheres e pela igualdade de gênero. A adesão ocorreu nesta quarta-feira (30), durante o espetáculo musical especial He For She, promovido pela Assembleia Legislativa e Comitê Gaúcho Eles Por Elas, através do Solar do Sarau, que completa 30 anos.

A notícia da adesão foi anunciada no início da atividade cultural pelo deputado Edegar Pretto, coordenador do Comitê. Ele lembrou que o movimento mundial da ONU Mulheres propõe aos homens e meninos do mundo todo a fazer uma mudança cultural, e passar a ser um agente dessa transformação pela igualdade de gênero. Destacou que o Rio Grande do Sul é o único estado no mundo com um comitê local, que desde sua criação tem realizado inúmeras campanhas de conscientização e combate à violência, em parceria com diversas instituições, sociedade civil e poderes públicos.

Disse ainda que é inaceitável os números da violência contra as mulheres no estado, onde no ano passado 97 foram assassinadas, vítimas de feminicídio. “Nenhuma pessoa aqui pode dormir tranquila e sossegada sabendo que tem mulheres que têm medo de sair na rua, porque podem encontrar um homem que não entendeu ainda que o não de uma mulher é não”, pontuou.

Antônio Hohlfeldt, presidente da Fundação Theatro São Pedro, contou que, desde o momento em que foi procurado para fazer adesão ao Eles Por Elas, não teve dúvida de que as pessoas que trabalham com a cultura têm obrigação de participar de um movimento como esse. Ele agradeceu a oportunidade, e afirmou que o compromisso pela igualdade será na prática, e não somente no papel. Ele acrescentou que a violência contra as mulheres não é um problema delas, mas de todos os homens, e que precisa ser combatida num trabalho de conscientização e responsabilidade. “O Theatro São Pedro entra com toda a força nesse movimento”, ressaltou.

Representando o deputado Valdeci Oliveira, presidente da Assembleia Legislativa, a deputada Sofia Cavedon falou em nome da presidência. Destacou que os 30 anos do Sarau do Solar representam o compromisso do poder Legislativo com a cultura gaúcha. Também lembrou que o presidente do parlamento e a Mesa Diretora, desde o primeiro dia de gestão, deram ênfase à pauta de combate à violência contra as mulheres. “O presidente Valdeci tem uma preocupação com enfrentamento à violência, em especial num período em que houve crescimento de feminicídios no Rio Grande do Sul. Por isso, é importante essa mobilização de homens. A vida começa quando a violência termina”, enfatizou.

Logo após as manifestações, iniciou a apresentação musical da banda 50 Tons de Pretas, formada por Dejeane Arruée (vocal, trombone) e Graziela Pires (vocal). Elas embalaram a noite com canções com temas que envolvem as mulheres negras, o feminismo, a diferença de classes, a esperança de uma sociedade igualitária e o empoderamento da mulher.

Texto: Leandro Molina
Foto: Brayan Martins


confira também
Governos Lula, Dilma, Olívio e Tarso dei…
08 ago 2022notíciapré-candidato

Palavra de gaúcho: Em debate, Edegar Pre…
08 ago 2022notíciapré-candidato

Candidatura de Edegar Pretto é registrad…
05 ago 2022notíciapré-candidato

Eleições 2022: Edegar Pretto participa d…
05 ago 2022notíciapré-candidato

Assembleias temáticas vão aprofundar Pla…
05 ago 2022notíciapré-candidato

Olívio Dutra: o eterno governador de tod…
05 ago 2022notíciapré-candidato