notícias noticias
notícia

“Queremos recuperar um Rio Grande onde as mulheres possam viver com dignidade”, diz Edegar Pretto

11/11/2021 - 14h11min

Edegar Pretto com o Grupo de Costureiras Mulheres Daqui. Foto: Brayan Martins

Duas experiências que propiciam trabalho e renda a mulheres de Rio Grande, na região Sul do Rio Grande do Sul, são exemplos de que é possível gerar oportunidades a partir da organização coletiva. Elas foram apresentadas ao deputado estadual Edegar Pretto (PT), que cumpriu agenda de trabalho no município na quinta-feira (11).

O Grupo de Costureiras Mulheres Daqui é vinculado ao Núcleo de Desenvolvimento Social e Econômico (Nudese) da Universidade Federal do Rio Grande (Furg). Através do Curso de Aperfeiçoamento em Costura, realizado em parceria com o Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. (HU-FURG/Ebserh), o Centro de Convívio dos Meninos do Mar (CCMar) e outras entidades, as trabalhadoras têm mudado as suas realidades. 

Na formação, elas têm acesso à prática, aperfeiçoamento e atualização de técnicas de costura. Conforme Rosani Silva de Freitas, professora do curso, ao mesmo tempo em que a iniciativa proporciona aprendizado, gera trabalho e renda ao grupo de mulheres. “Nosso objetivo é capacitá-las para o mercado de trabalho, criarmos uma associação e quem sabe até uma cooperativa de costureiras”, adianta.

Ela reforça que as costureiras estão num estágio de aprendizado, mas que, diante da pandemia, já começaram a ter trabalhos com a confecção de máscaras e uniformes para o hospital universitário. Além disso, fazem peças para empresas do município. “As mulheres estão aprendendo, trabalhando e tendo renda ao mesmo tempo”, complementa Rosani.

Outra experiência protagonizada por mulheres e visitada pelo deputado Edegar Pretto em Rio Grande é a Cooperativa de Catadoras Santa Rita. “A gente tem 32 cooperadas trabalhando aqui. Isso significa a elas o pão de cada dia, até mesmo porque o mercado de trabalho aí fora fechou as portas para elas, que procuram emprego e não encontram. Aqui elas têm espaço para trabalhar, têm estrutura. É uma fonte de emprego e renda”, disse Gessi Prates, coordenadora da cooperativa.

Para o deputado Edegar Pretto, as duas experiências demonstram a força da organização coletiva e do trabalho das mulheres. Ele defende que o poder público precisa estar presente e fazer investimentos nestes setores, a fim de propiciar independência econômica e, sobretudo, melhores condições de vida para quem mais precisa. “Nós queremos recuperar um estado onde as mulheres possam viver e cuidar dos seus filhos e filhas, da sua família com dignidade, e que não falte a eles o básico. Muitos pais e mães não sabem se no dia seguinte terão comida para colocar na mesa dos seus filhos por falta de oportunidades e ausência do Estado. Isso é muito triste e tem que mudar”, afirma o deputado.

Também acompanharam as agendas os deputados estaduais petistas Fernando Marroni e Zé Nunes; o ex-prefeito de Rio Grande, Alexandre Lindenmeyer; e dirigentes do PT na região. O roteiro de interiorização do movimento ‘Rio Grande e presente, para toda a sua gente’, é liderado por Edegar Pretto, e percorrerá todas as regiões do estado. Pretto é o nome do PT como pré-candidato ao governo do RS nas eleições de 2022. Os diálogos do movimento na região Sul ocorrem até sábado (13), passando por Rio Grande, Pelotas, Capão do Leão, Canguçu e São Lourenço do Sul.


ccmar Cooperativa de Catadoras Santa Rita Edegar Pretto governador mulheres daqui região Sul Rio Grande
confira também
Governos Lula, Dilma, Olívio e Tarso dei…
08 ago 2022notíciapré-candidato

Palavra de gaúcho: Em debate, Edegar Pre…
08 ago 2022notíciapré-candidato

Candidatura de Edegar Pretto é registrad…
05 ago 2022notíciapré-candidato

Eleições 2022: Edegar Pretto participa d…
05 ago 2022notíciapré-candidato

Assembleias temáticas vão aprofundar Pla…
05 ago 2022notíciapré-candidato

Olívio Dutra: o eterno governador de tod…
05 ago 2022notíciapré-candidato