Emater/RS-Ascar adere ao Movimento Mundial ElesPorElas

A adesão da Emater/RS-Ascar ao Movimento ElesPorElas (HeForShe), da ONU Mulheres, foi lançada aos empregados da instituição nesta quinta-feira (7), em Porto Alegre. A atividade faz parte da programação de eventos institucionais em celebração ao 8 de março – Dia Internacional de Luta das Mulheres.

Com a presença secretário de Agricultura do RS, Covatti Filho, representando o governador Eduardo Leite; do presidente da Emater, Iberê Orsi; a diretora administrativa da instituição, Silvana Dalmas; o secretário Adjunto de Planejamento, Barão Mello; e representantes do Comitê Gaúcho Impulsor ElesPorElas, o deputado Edegar Pretto (PT) ressaltou que o combate à cultura machista precisa de trabalho conjunto, e a Emater se soma ao compromisso de colaborar com ações de conscientização pela igualdade entre homens e mulheres. “Parabéns ao presidente, direção, e demais envolvidos, que estão unidos nesta causa para fortalecer a igualdade de direitos e oportunidades entre o público interno e agricultores familiares que são atendidos em todo o estado”, frisou.

Pretto, que é membro do Comitê Nacional e coordenador do Comitê Gaúcho ElesPorElas, também propôs a reflexão e o chamamento do público masculino por essa mudança da cultura machista. “A ideia é que cada instituição que faz adesão passe a ser um multiplicador das diretrizes e dos compromissos do movimento mundial da ONU Mulheres. “É com homens que precisamos conversar, e isso tem um efeito importante na consciência para que eles se engajem nessa luta”, afirmou.

A assinatura de adesão da Emater/RS-Ascar aconteceu no dia 10 de dezembro do ano passado, quando o deputado Edegar Pretto convidou a Instituição para fazer parte do movimento nacional que convoca os homens para discutir o seu próprio comportamento. Presente no meio rural em mais de 90% dos municípios do estado, a Emater/RS-Ascar atualmente emprega 2.131 pessoas, sendo 1.169 homens e 962 mulheres (46% do quadro funcional). Somente em 2018, foram desenvolvidas ações de assistência técnica e extensão rural para 54.440 mulheres, que tiveram acesso a políticas públicas de direitos sociais, de produção e comercialização, além de participarem de trabalhos de formação e inclusão social e produtiva e de geração de renda. No mesmo ano, 147.581 mulheres participaram de atividades desenvolvidas em todo o RS.

O presidente da Emater, Iberê Orsi, disse que a Instituição tem a tradição de congregar as famílias do campo, e que hoje já comemora resultados da campanha pela igualdade entre homens e mulheres. No encerramento, o secretário de Agricutura, Covatti Filho, citou o importante trabalho da Instituição com as famílias do campo, e acrescentou que a Emater precisa continuar sendo valorizada e melhor estruturada.