Edegar Pretto destaca decisão do TCE e defende Corsan pública

Em suas redes sociais, o pré-candidato a governador do RS, Edegar Pretto, postou vídeo em que celebra a decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE) de paralisar a “trágica privatização da Corsan, já que todo o processo estava sendo gerido da mesma forma que a privatização da CEEE: sem cuidados e sem priorizar o interesse do povo deste Estado”, afirmou.

Em sua mensagem, Edegar destaca que a decisão do TCE é um grande revés para o governo Leite, que, depois de dizer em sua campanha de 2018 que não iria privatizar a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), “faltou com a sua palavra e tentou tirar do povo gaúcho o seu patrimônio. Mas com uma forte mobilização da sociedade, servidores e da nossa bancada, acabou recuando e desistindo”.

Mas apesar da justiça ter interrompido o processo de venda da Corsan, o governo do estado reafirmou a intenção de continuar com a privatização. Para Edegar, em um momento em que o preço do custo de vida está subindo não se pode permitir que “voltem a tentar que a água também se torne um bem de luxo, ao alcance de poucos”.

Edegar Pretto defende uma Corsan pública e aponta que “a privatização dos serviços não deve nunca ser a única saída de um governo”. Para ele, mais uma vez ficou claro que há dois modelos de ver a vida, dois modelos que se enfrentarão na eleição: o de quem quer privatizar a vida, privando a sociedade de serviços essenciais. “E o nosso, que acredita que todo cidadão e toda cidadã tem direito a uma vida digna, com comida no prato, oportunidades e luz e água a um bom preço e com um serviço de qualidade na sua casa”, enfatizou Edegar.

Veja a fala de Edegar Pretto clicando AQUI.