Conheça os 13 compromissos para o Rio Grande que o povo quer!

Edegar Pretto tem compromisso com a nossa terra, e um plano de futuro e esperança, que dialoga e é centrado na realidade das famílias do nosso Rio Grande.

A partir desses 13 compromissos, queremos construir, junto com os gaúchos e gaúchas, as propostas de governo para colocarmos o nosso Estado nos trilhos das mudanças que Lula trará ao Brasil e Edegar ao Rio Grande.

Vamos devolver o sorriso e trazer esperança, e sobretudo respeito, ao lar de cada família gaúcha. É hora de retomar a confiança no nosso Rio Grande! Vamos juntos começar a mudança!


Enfrentamento à pobreza com políticas de desenvolvimento e proteção social, segurança alimentar e nutricional, fortalecimento e promoção das políticas de transferência de renda, apoio à agricultura familiar e à economia solidária na produção e comercialização de alimentos saudáveis e acessíveis a todos e todas.


Apoio às indústrias, inovação, retomada do Polo Naval, crédito para investimento em empreendimentos com alto grau de empregabilidade, programa de formação profissional. Apoio aos micro e pequenos empreendimentos, como novo padrão de desenvolvimento e de inclusão ao trabalho, com o programa MEU TRABALHO DE NOVO.


Um Estado ativo, planejador, investidor e indutor, que mobiliza investimentos públicos, sem teto de gastos e sem privatizações, garantindo crescimento econômico e sustentável, com o foco na inclusão digital e na inovação tecnológica.


Fortalecimento do SUS e do controle social, garantia de vacinação, redução dos tempos de espera nos postos, hospitais e unidades de pronto atendimento, ampliar os serviços para atender as demandas represadas e geradas pela pandemia da Covid-19. Aplicação dos 12% da receita líquida em ações e serviços públicos de saúde.


Com acesso à moradia digna para todos e todas, com transporte e segurança pública, com direito ao esporte e ao lazer, com paz e esperança. Vamos constituir políticas de reconhecimento e cidadania às populações idosas, indígenas, LGBTQIA+, crianças, adolescentes, pessoas com deficiência, especialmente as mais pobres do campo e da cidade.


Qualificação das escolas, retomada do diálogo com toda a comunidade escolar, políticas de valorização salarial, qualificação do ensino, recomposição do quadro. Nenhuma criança ou adolescente fora da escola.


Agricultura familiar, acesso a tecnologias para o campo, políticas de proteção climáticas, relação qualificada e produtiva com o agronegócio, irrigação, transporte, armazenagem, qualificação do trabalhador do campo.


Os gaúchos e as gaúchas participarão da decisão do futuro e de onde o governo vai investir o dinheiro, com controle e transparência sobre esses investimentos. Além disso, vamos reconstruir os serviços diretos de interesses dos cidadãos e vamos salvar o IPE Saúde para que continue a beneficiar a todo o estado.


Combater o desmatamento, proteger nossos biomas, garantir o pleno funcionamento dos mecanismos públicos de proteção do meio ambiente. Inovação tecnológica e transição ecológica.


Ampliação dos bens culturais, incentivo a todas as manifestações culturais e artísticas do nosso povo, além de apoiar a economia criativa e a geração de riqueza cultural.


As mulheres serão as protagonistas no novo ciclo do Estado, promovendo a autonomia econômica das mulheres, a igualdade de oportunidades no mundo do trabalho, e enfrentamento a todas as formas de violência contra a mulher.


Enfrentar o racismo estrutural e institucional, o preconceito, a intolerância e a exclusão. Colocar a população negra no centro das ações do governo, com programas de inclusão, educação e saúde.


Trabalhar para que os jovens possam se emancipar, pela valorização e promoção da participação social, pelo reconhecimento do jovem como sujeito de direitos universais, geracionais e singulares, e pelo respeito à identidade e à diversidade das juventudes.