Ao Financial Times, Lula diz que ‘vai para o céu’ se resolver fome e pobreza no Brasil

O pré-candidato à Presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou ao jornal britânico Financial Times que, caso vença as eleições de outubro, sua prioridade imediata será melhorar as condições de vida do povo brasileiro. Questionado pelo veículo se ele pode matar os demônios da fome e da pobreza, o ex-presidente respondeu que, se conseguir esse feito, ele “vai para o céu”.

Lula ressaltou que a escolha de Geraldo Alckmin (PSB) para vice na chapa indica que ele não é um radical que vai atuar contra o empresariado. Além disso, diz estar “mais experiente e com uma vontade muito maior de acertar”.

O pré-candidato das forças democráticas e progressistas brasileiras reforçou ao jornal britânico algumas das afirmações que já vem fazendo em sua pré-campanha, como a proposta de revogar o teto de gastos, mudar a reforma trabalhista e o regime tributário para fazer os ricos pagarem mais impostos.

Lula ainda assegurou na entrevista que vai levar o Brasil de volta ao cenário global como uma grande potência ambientalmente responsável e socialmente consciente. Ele também destacou a prioridade para a Amazônia. 

Na entrevista, Lula disse que, após quatro anos de governo, Bolsonaro se tornou um pária da humanidade. O jornal britânico considera que uma possível vitória de Lula nas eleições presidenciais brasileiras representaria “a virada política da década — senão do século”.

Com informações do Portal 247